Qual alimento não é seguro de reaquecer no microondas?

Todos sabemos sobre os perigos de aquecer os alimentos em determinados tipos de recipientes, contudo você tinha noção que alguns alimentos trazem perigos quando você resolve aquecê-los outras vezes? E quais são alimentos que oferecem riscos ao serem reaquecidos no microondas?

Veja a lista:

Batatas

A forma como você armazena alimentos bem antes de pensar em requentá-los é bastante importante. Em concordância com pesquisas, as batatinhas presumivelmente são um terreno farto para Clostridium Botulinum (envenenamento) se não forem rapidamente colocados na geladeira logo depois de acabarem de serem ingeridas nas alimentações. 30 segundos no microondas não matarão o botulismo, logo, esteja atento!

Arroz

alimentos-microondas Aqui está outro alimento em que a forma como você o guarda antes de requentá-lo é capaz de ser um problema. Em conformidade com pesquisadores, o arroz que é deixado do lado de fora da geladeira por mais de uma hora logo depois de pronto, ou aquele que sai da geladeira por mais de um dia, podem gerar distúrbios digestivos nos seres humanos. Se o arroz ficar parado à temperatura ambiente, microrganismos se multiplicarão e poderão produzir microrganismos que causam vômitos ou diarreia e reaquecer o arroz no microondas não o elevará a uma temperatura razoável para exterminar o inconveniente.

Ovos

A ameaça ocasionada pelos ovos não é exclusivamente a de estourá-los no microondas. De alguma maneira, reaquecê-los muda a estrutura proteica ou os deixa tóxicos. Você corre o perigo de possuir um estômago desequilibrado se aquecê-los a temperaturas elevadas o bastante. Estudiosos declaram que os ovos que reaquecidos provavelmente atingirão uma temperatura interna de 165 graus antes de serem comidos. A não ser que você tenha um termômetro de alimentos, é sugerido ignorar totalmente aquecê-los outra vez no microondas.

Uma outra observação sobre os ovos: Jamais deixe ovos cozinhados fora da geladeira por mais de duas horas ou por mais de uma hora quando as temperaturas encontram-se superior a trinta graus. Bactérias que podem causar doenças desenvolvem-se rápido a elevadas temperaturas.

Cogumelos

alimentos-microondas Este informe tange sobretudo a cogumelos frescos. Conforme especialistas, é muito melhor ingerir cogumelos frescos imediatamente no momento após a preparação já que as proteínas deste alimento estragam muito rápido.

O entendimento geral é que, se você conserva os cogumelos que preparou na geladeira por mais de um dia, é sugerido comê-los logo depois de serem reaquecidos a uma temperatura de 158 graus. Não existem preocupações a respeito do reaquecimento de cogumelos industrializados processados, isto é, qualquer daqueles que você guarde congelado, enlatado ou seco.

Salsão, espinafre e beterraba

Este trio de vegetais detém uma matéria em comum: uma elevada concentração de nitratos que podem se tornar cancerígenos no momento em que reaquecidos. O nitrato em si é absolutamente sem perigo, mas pode ser convertido em nitritos, e, então, em nitrosaminas, algumas das quais são chamadas de cancerígenas. Isso ocorre especialmente toda vez que o espinafre é esquentado, armazenado e então requentado. O próprio nitrito é um composto inócuo, mas deve ser ignorado por recém-nascidos de até 6 meses, advertem pesquisadores.

De que modo requentar alimento de forma correta?

Há quatro formas simples de preservar a segurança ao reaquecer as comidas no forno de microondas:

Confira se o seu microondas está funcionando corretamente.

Se, por acaso, o alimento não estiver devidamente cozido ou reaquecido, cozinhe-o por um tempo maior.

Divida as alimentações em proporções menores para assegurar um reaquecimento inteiro.

Assegure-se de mexer a comida durante o procedimento de reaquecimento para se certificar de que a temperatura está a mesma no decurso de todo o procedimento.